é mesmo assim...

"Amor é fogo que arde sem se ver;

É ferida que dói e não se sente;

É um contentamento descontente;

É dor que desatina sem doer;"
publicado por Viver Alentejo às 19:40 | favorito