Por ser Natal...

Por ser Natal, não temos de falar sobre ele...

Hoje, particularmente, não me apetece fazê-lo.

Há muitos meses que estou afastada do mundo e do que nele se vai passando, os motivos são vários e não importa especificar.

Mas tenho sentido necessidade de escrever no meu blogue, as minhas crónicas que há uns tempos escrevia semanalmente num outro blogue que não era meu.

Por motivos de saúde tive que parar tudo o que fazia e recomeçar de novo. Desta vez, com uma perspectiva diferente dos outros, da vida em geral e acho que até de mim.

O que mudou?

Penso que tudo, para ser franca...

Quando me disseram que estava doente, fiquei um bocadinho em transe, sem saber bem o que pensar ou como deveria reagir.

Respirei fundo...na verdade, como estive à beira da morte, acho que alguém respirou por mim.

Ainda bem que não o soube na altura porque todos tiveram o bom senso de não mo dizer...

Assim, acabou por ser mais fácil concentrar-me em mim e na minha cura...procurei saber o que podia fazer, o que é que dependia apenas de mim e decidi fazer...

Acho que todo o processo foi um pouco inconsciente pois fui passando por ele, fazendo tudo o que me diziam...aliás, como ainda faço.

Como tem corrido? Bem, graças a quem respirou por mim...

Como uma enfermeira me disse há pouco tempo, ainda bem que há coisas que não se explicam...porque senão não estaria aqui neste momento!

Tudo isto me fez ser uma pessoa diferente...

Se isto é bom ou mau, não sei, acho que o tempo o dirá.

Ainda não sei muito bem o que significa esta diferença, vou-a notando a pouco e pouco à medida que as situações se vão desenrolando.

Não sei quando volto aqui, mas até lá fiquem bem.

Feliz Natal

publicado por Viver Alentejo às 19:01 | favorito