13
Abr 06
13
Abr 06

Tempo...

Tempo...sempre esse tal de tempo que nos condiciona a vida!
Precisamos de tempo para nascer...e esse é o melhor de todos! depois precisamos de tempo para viver e esse já nunca temos porque o perdemos todo a tentar sobreviver...
Há alturas em que o tempo joga a nosso favor...passa rápido quando queremos e sem pressas quando é preciso...outras vezes, quando mais precisamos dele, espalma a nossa existência contra nós mesmos e faz dos nossos dias momentos de agonia porque nunca mais nos traz o que precisamos...
Também dizem que tudo cura...será...mas esquecem de dizer que também tudo lembra e tudo faz esquecer!
Quero que o meu tempo passe rápido para me trazer novo ânimo e melhores dias e quero que volte para trás para apagar a mágoa que se me instalou no peito e que o meu tempo ainda não teve tempo de curar!
Quero que o meu tempo me ajude a passar pelos meus dias como se não existisse nada que me faça mal...quero não olhar para as horas e pensar que ainda falta tanto... quero não contar os dias e pensar nos que ainda tenho que passar até conseguir ser feliz!
Quero conseguir apagar do meu tempo os momentos de dor que a vida me ofereceu, quero poder ocupar o meu tempo com lembranças doces dos momentos bons que a vida me vendeu...
Talvez o Universo se tenha enganado!
Talvez este tempo não seja o meu!
Alguém me disse um dia:" Janela que Deus abre, ninguém pode fechar" mas talvez eu tenha espreitado por uma janela que não era a minha!
publicado por Viver Alentejo às 03:13 | comentar | favorito
09
Abr 06
09
Abr 06

Notícias...

Ai que enjoo de almoço de tias...Já parece a linha 5 e a linha 8...
Não sabem do que estou a falar? vão aos arquivos e descubram...
bom...depois de tantos dias estou de volta!
Novidades?
Bastantes...
Já estou a arranjar o número 4...para quem não sabe o que é, é uma casa no Alentejo!
Já sairam os papéis da candidatura para supervisores!
Os meus ratinhos continuam com a vida hipotecada a eles mesmos!
A pequenina já diz olá e mamã, já dá uns passinhos e já faz um bocadinho da coreografia da sua musica preferida!
A quinta da oliveira velha já mexe...já vai tomando forma!
Enfim...estas poucas linhas têm-me dado o que fazer, mesmo que não pareça!
Ser mãe...empregada com um trabalho muito cansativo e empresária dá o que fazer!
Por isso tenho estado ausente...
já vai sendo habitual estar ausente, mas acabo sempre por voltar.
publicado por Viver Alentejo às 21:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito