25
Jan 06
25
Jan 06

Resultados...

Sim, mas não são os das eleições!
São os resultados de um comportamento...do meu!
Tenho vindo a constactar que com um bocadinho de boa vontade ainda se consegue fazer qualquer coisa de produtivo. Estava quase a acreditar que " se não os podes vencer junta-te a eles" era verdade mas em vez disso, decidi ter um bocadinho mais de calma e tentar fazer a diferença...e, não querendo deitar os foguetes antes da festa porque a procissão ainda vai no adro, acho que já vou tendo resultados...já que mais não seja por vergonha de eu fazer as coisas correctamente e lhes chamar a atenção para o facto de haver quem não o faça...lá vão fazendo o que tem que ser feito, que na minha opinião é uma coisa bem simples como darem-se bem e respeitarem-se como colegas... pronto, já desabafei! Isto é conversa de trabalho e isso não interessa nada!
O que me interessa é haver cada vez mais pessoas a não quererem saber dos outros... pois que infelizmente, hoje em dia as pessoas são quase todas assim. Hoje fiquei muito zangada porque sugeri a um amigo, que está em posição de fazer a diferença, que tentasse iniciar umas actividades entre jovens e idosos porque acho que seria benéfico para todos! Pois não é que se riu na minha cara...é verdade! O descarado, riu-se, disse-me que as pessoas não querem saber de ajudar os outros e não me levou nada a sério... que zangada que eu fiquei...então isto é atitude? Pois que bonito, sim senhor, vamos todos baixar os braços e deixar que cada um trate de si? GGGRRRRRR.......
Bem, eu por mim, cá vou fazendo a minha parte, mesmo que se riam na minha cara!!!!
publicado por Viver Alentejo às 01:31 | comentar | ver comentários (1) | favorito
23
Jan 06
23
Jan 06

Construção de objectivos...

Objectivos...objectivos...
Há uns anos atrás, por motivos que não importa registar, conheci algumas pessoas que me falavam permanente e insistentemente de objectivos...na importância dos ditos e de como eram imprescindiveis para um futuro promissor!!!!
eu não os percebia, não fazia ideia de como delinear uma coisa dessas nem para que serviam...Se calhar não fiz um esforço ou não tive capacidade para tal...agora, longe desses dias vejo que tinham razão...Como é que podemos traçar caminhos se não sabemos para onde vamos????
Pois... mas eu agora até acho que já sei um bocadinho o que quero e a sensação é boa... é verdade, é agradável fazer planos, idealizar projectos a curto e médio prazo e principalmente, fazer um bocadinho todos ao dias para que esses projectos se realizem!

Numa conversa de muitas horas com uma amiga, concluimos que, ao contrário do que todos pensam ou gostam de fazer crer, o que realmente importa não é o tipo de objectivo que se cria, o importante é criar algum...não importa qual!
Estamos as duas com trinta e já alguns anos e estamos a recomeçar as nossas vidas, embora por caminhos diferentes e é fantástico porque conseguimos ter a ousadia de rejeitar a sensação de fracasso que os outros, socialmente, nos querem impingir por não termos construido as nossas vidas baseadas no socialmente correcto... ( que parágrafo tão dificil...)
A nossa perspectiva é esta: Quando os outros, da nossa idade, já estão fartos da vida que têm, nós, que andámos a vaguear nos últimos anos, estamos agora a assentar arraiais e já com outro modo de encarar a vida sedentária, que acaba por agradar a todos. Por isso é que tantos casamentos acabam... começa-se muito cedo, só porque sim e depois as pessoas cansam-se...eu tento imaginar-me com um casamento de 10 ou 15 anos... ai...até se me arrepia a espinha!!!!! Não hão-de os coitadinhos estar fartos... Como é que alguém consegue, na flor da idade, passar anos a fio a fazer as mesmas coisas, com as mesmas pessoas, a viver os dias todos iguais...ai que nervos!!!
Afinal começar tarde é bom!!!! Desde que se comece qualquer coisa para não chegarmos ao fim da vida com uma enorme sensação de vazio....
Abençoados objectivos, que chegaram tarde mas em boa hora!!!!
publicado por Viver Alentejo às 00:51 | comentar | ver comentários (1) | favorito
22
Jan 06
22
Jan 06

Futuro...

..." Quinta da Oliveira Velha"...
Em breve, perto de si...a um clic de distância...
publicado por Viver Alentejo às 23:23 | comentar | ver comentários (1) | favorito
20
Jan 06
20
Jan 06

Dúvidas...

Como se diz na minha terra, não há fome que não dê em fartura...estou ausente dias a fio mas depois quando regresso...meus amigos...isto é uma produção literária que não pára!!! Bom, quero falar de duas coisas...uma é da escrita, outra é de relações humanas. Ponto número um: Escrever não é fácil! Pois...não é mesmo. Hoje na tv vi algures uma sra a dizer a outra: " Se escrever fosse fácil todos o fariam..." e pois que é mesmo assim. Tenho dois livros começados e nenhum vai sequer a um terço...será porque no fundo as coisas que eu acho interessantes quando passam para o papel perdem a verdadeira dimensão ou simplesmente não tenho jeito para isto? Hum...não sei! Tenho que tentar escrever outra vez um dia destes e pensar um bocadinho sobre o assunto...que triste me vou sentir se chegar à conclusão de que não tenho mesmo queda para a escrita!!! Por outro lado, temos uma diferente e nova perspectiva do assunto em que posso sempre achar que ainda não amadureci as minhas ideias ou a minha vida o suficiente para os passar para o papel...o que nos leva ao meu segundo assunto. Eu acredito que tudo nos acontece por algum motivo maior, todas as pessoas se cruzam na nossa vida para nos dar (ou tirar) alguma coisa... e será que é mesmo necessário um esforço tão grande para nos entendermos uns com os outros? Um dia conheci alguém e pensei que a nossa relação tinha sido projectada no céu e depois, sem mais nem quê, alguém no inferno,estando sem o que fazer,resolveu brincar e de um dia para o outro, deixamos de falar a mesma lingua, já não olhamos na mesma direcção, as opiniões divergem em tudo e o que é mais engraçado, é que não nos conseguimos entender de maneira nenhuma.....E hoje tenho estado a pensar que tudo isto deve estar a servir um qualquer propósito, que não faço ideia qual seja, e que alguém pretende que nós nos vamos desenvolvendo, crescendo, evoluindo e só depois de tudo isto acontecer é que nos vamos novamente entender....como no principio do nosso relacionamento! Que tal? é uma maneira nice de ver uma história que não tem pés nem cabeça...verdade? A mim parece-me bem!
Aqui em duas penadas arranjei desculpa para duas falhas na minha vida...eh eh eh!!!!! Que bom seria se fosse mesmo assim...
Meninos aí no inferno, parem lá com a brincadeira...agora já chega!!!! Vamos atinar com isto de uma vez!
publicado por Viver Alentejo às 00:37 | comentar | ver comentários (1) | favorito
19
Jan 06
19
Jan 06

Estranho eu...

Sim...estranho-me e estranho os outros. Deve ser só uma fase, pelo menos é assim que vejo a minha maneira de estar comigo e com os outros ultimamente. Ando agressiva, sem paciência para os pequenos contratempos do dia a dia nem para a estupidez alheia! Eu que me orgulho de ser um poço de tolerância, que passo a vida a dizer aos outros para terem calma e para serem tolerantes, nos ultimos dias só me apetece bater nos seres que me incomodam...e acreditem têm sido bastantes!!!!
Realmente, lá diz o outro, a unica coisa que não tem limites é a estupidez!!!!!
Pois e como a vida não me tem corrido de feição como costuma, não tenho andado própriamente bem disposta! Fui ver o meu email hoje, coisa que já não fazia hà algum tempo, e tinha a caixa de correio cheia e msgs dos senhores a dizerem para eu ir limpando aquilo porque senão não funciona!!!!!
Adiante, entre tantas msg que li, recebi uma que me agradou...diz assim..." ...li a tua página e fiquei emocionada..." ...
Pois e eu também fiquei contente de ler estas palavras...é importante que alguém nos reconheça de quando em vez para que esse tal de ego nos permita viver assim contentinhos.
Eu que comecei tão bem aqui com o meu blog, agora ando um bocadinho descuidada! Mas também será uma fase! Tenho andado ocupada a organizar a minha casa e a minha vida, enfim, aquela conversa toda que tenho tido ultimamente por aqui...ano novo, vida nova, delinear objectivos, blá blá blá blá.... o que é certo é que o tenho feito mas ocupa-me um bocadinho mais do que eu julgava!!!!!
Mas acho que não vai ser tão mau como a estagnação da linha 5 e da linha 8, lembram-se? Pois....que episódio triste!!!!
Prometo que mesmo estranha, vou continuar por aqui!!!!!
publicado por Viver Alentejo às 23:51 | comentar | ver comentários (1) | favorito
06
Jan 06
06
Jan 06

Boas intenções...

Estou aborrecida, fiquei aborrecida...
De tanto querer ajudar uma amiga, acho que acabei por ser um bocadinho bruta e logo, desagradável...
Claro que a intenção foi boa, acho que o que ela vai sofrendo em prestações podia ser sofrido de uma só vez para se acabar já com uma história que se prolonga hà demasiado tempo!
Mas agora penso...quem sou eu para determinar os tempos de sofrimento dos outros, quando nem os meus consigo estabelecer? Pois...claro que não sou ninguém!
Se calhar precipitei-me...podia não ter dito o que disse, podia ter deixado andar... como amiga o meu papel é ouvir... ir dando umas opiniões, dizer umas parvoeiras para aliviar o estado da coisa...mas nunca agredir! Claro que já o fiz mais vezes...pois parece-me que isto já faz parte de mim…quando as coisas se arrastam por vários anos acho que já chega, nem eu aguento tanto masoquismo... também eu tenho uma amiga que me faz o mesmo, diz o que tem que ser dito, na hora certa e sem grandes rodeios, não vá eu poder dar outras interpretações à coisa…e sabem que mais??? Dói que se farta, mas o efeito é milagroso…quando já não podemos divagar, nem nos podemos enganar, só nos resta ver as coisas como elas são, lamentar o tempo que perdemos com o assunto e seguir em frente…pois…mas dói…e ela agora deve estar nessa parte e eu não queria que assim fosse!Bom , acho que não vale a pena continuar a lamentar o que foi feito... já está! De qualquer modo troco uma má atitude por uma boa intenção...!!!!!!!
publicado por Viver Alentejo às 11:38 | comentar | ver comentários (1) | favorito
02
Jan 06
02
Jan 06

Adjectivos...

Dando inicio ao ano que entrou a viver de acordo com as minhas boas intenções de fazer as coisas acontecer e não só de pensar nisso, hoje convidei as minhas amigas para um jantar em minha casa...Estou a ler um livro que fala de 5 amigas, muito juntas, muito elas, muito a viverem contando sempre com a presença das demais e senti saudades das minhas amigas...nós também somos 5, também somos todas diferentes, cada uma seguindo o seu caminho mas a diferença da nossa realidade para o livro é essa mesma...a nossa é uma história verdadeira e a do livro nem por isso...como tal a nós a vida de todos os dias vai-nos separando e não nos deixa juntar como gostariamos...deixamos o tempo passar e a distância empurrar a nossa amizade para o passado...mas não devia ser assim!!! Por tudo isto o jantar será em breve...seremos novamente 5 mulheres juntas para mais umas horas de conversas, risos, brincadeiras e gargalhadas...como era dantes,como já foi um dia!
Ultrapassando as boas intenções de sempre, decidi fazer em vez de ficar a pensar no bom que seria juntarmo-nos outra vez...fiquei contente por elas terem achado boa ideia, pelas reacções tenho a certeza que também elas têm sentido a falta dos nossos encontros... De manhã quando pensava no nosso passado e presente, do nada, surgiram-me 5 adjectivos que definem a nossa existência actual...Realizada, Frustrada, Conformada, Desapontada e Abandonada...somos nós neste momento! Cinco mulheres tão diferentes e ao mesmo tempo tão integradas...e mais que isso, por mim tão rotuladas! É engraçado como em poucas palavras se consegue definir o estado de espirito de 5 pessoas...
É engraçado como, mesmo ausentes, podemos estar todas tão perto e tão unidas quando é necessário...é bom ter amigas...é bom sentirmo-nos bem com a vida!
publicado por Viver Alentejo às 22:40 | comentar | favorito
01
Jan 06

Actualização!

Sim...
Afinal a Oliveira Velha deu mais azeitona...
Segundo as ultimas noticias qualquer coisa como 4539 kg no total...
Fiquei muito contente como devem imaginar...
Esta é mais uma prova de como tudo tem o seu tempo e o seu ritmo, até mesmo a nossa vida... Após 2 anos...quando eu já punha em causa a capacidade de tão ilustre propriedade voltar a produzir...zás! Ela apresenta-se com quase 5 toneladas de azeitona... será que a minha vida também vai produzir assim umas quantas toneladas de coisas boas? Para começar já me deu 3,400kg da melhor coisa do mundo...neste momento já pesa 7,300kg...e por aí fora...
Aguardemos mais uns kilitos de boas noticias...que aqui virão parar sempre em actualizacão!!!!!

publicado por Viver Alentejo às 23:32 | comentar | ver comentários (1) | favorito
01
Jan 06

Feliz 2006...

Cá estou de volta, renovada e feliz no primeiro dia do ano!
Depois de muito pensar, repensar e ponderar, decidi ficar em casa na passagem de ano... pois... a pequenina também não me permite grandes aventuras, mas mesmo assim, poderia ter feito qualquer coisa ou ter organizado uma "mini-mega party"...mas preferi não!
Aqui estivemos as duas, com companhia para o jantar mas a solo no dito momento...
Também tive que pensar bem no que fazer aos meus pés e aos da rita pois as sugestões foram muitas...entrar com o pé direito, levantar o dito pé, subir para cima de qualquer coisa para não entalar a ano, que acabei por não entender qual era o ano que não se deve entalar...o que passa ou o que vai chegar...enfim...fiquei tão baralhada que quando dei por mim, estava sentada na minha cama a dar de comer à pequenina, que muito serena, bebia o seu leite ao meu colo...há momentos que marcam e este foi,sem dúvida, um deles...benvinda a 2006 filha!
E para os demais... que este ano vos traga o que o anterior não conseguiu...com sonhos e projectos...com actos e não só com intenções! Não vale a pena fazer o que se faz sempre... montes de promessas e rascunhos de coisas que nunca se concretizam porque perdem a força de tão forçados que são...os ditos balanços que se fazem no final de cada ano acabam por obrigar a planos novos e a listas de coisas a fazer e pessoas a telefonar, locais a visitar e fins que se querem dar ao que já não tem remédio! Tanto se quer fazer que acabamos na mesma...ano após ano...à espera que a vida indique, por si, o rumo a dar às vidas de cada um!!!!
Que este ano seja diferente!!!!
Que não se façam balanços nem planos, mas que se viva cada novo dia com força suficiente para continuar o que está certo e para mudar o que já não nos serve...
Por mim...aqui estou cheia de boas intenções, sem planos escritos mas com objectivos definidos e a achar que vou viver em função deles e de outros que virão e que por aqui vou dando a conhecer...
publicado por Viver Alentejo às 23:16 | comentar | ver comentários (1) | favorito